Descobrir Eslovénia

Print Add to travel planner
Famílias, homens de negócios e amantes de férias activas, todos os visitantes da Eslovénia vão poder experimentar muitas actividades no nosso país. Os passeantes vão desfrutar do sossego e da tranquilidade das serras e montanhas, os alpinistas, esquiadores, ciclistas, canoístas, navegantes, pescadores, caçadores, jogadores de golfe, amantes de hipismo desfrutarão das possibilidades naturais para praticar qualquer tipo de desporto. 

 
 

Muitas delícias da cozinha eslovena têm origem nas três grandes culturas, na cultura panónica, alpina e mediterrânica. Usada em diferentes pratos, a farinha é o mais antigo ingrediente da alimentacão dos eslovenos. São muito conhecidos os mais variados pãezinhos »kruhki« preparados para diferentes ocasiões festivas, que ainda hoje se manufacturam em formas das mais diferentes formas e feitios.
Também são famosos os »štruklji«, que os eslovenos preparam em mais de 70 maneiras diferentes e com todo o tipo de recheios, sejam doces, sejam de carne ou de verdura. Também são muito conhecidos os »žganci«. A mais típica especialidade eslovena é a »potica«, cozida conforme a oportunidade festiva também com vários recheios. 

                                

O nosso país é realmente um país vinícola. A Eslovénia está repartida em três regiões vinícolas: em região de Primorska, de Posavje e de Podravje. O país está organizado em 14 distritos vinícolas, cada um deles com as suas características distintas. A região de Primorska é famosa pelos seus vinhos tintos e pelos especiais vinhos brancos. Na região de Posavje tem a sua origem e o domicílio um vinho especial da Eslovenia »cviček«. A região de Podravje é a pátria de »renski rizling«, »sauvignon« e »rulandec« e também do excelente »traminec« e dos deliciosos vinhos espumantes. 

                                

A posição excelente do nosso país, a sua imagem diversificada, as numerosas possibilidades para um descanso activo e também a sua suprema oferta culinária e vinícola encontram-se em harmonia perfeita com o povo esloveno. Os eslovenos são pessoas amáveis, cordiais, alegres e atentas. São um povo cuja identidade foi formada pela língua eslovena, falada pelos seus dois milhões de habitantes, e preservada pela vida cultural desde sempre movimentada e animada. Para os eslovenos as relações genuínas entre as pessoas são ainda uma das virtudes mais importantes. São muito hospitaleiros e gostam de compartilhar o seu acolhimento e o seu lindo pedaço da terra com os visitantes sempre bem-vindos.


OS ALPES, CHEIOS DE SOL
A maior parte da zona dos Alpes Julianos faz parte do Parque Nacional de Triglav. Na margem deste parque fica Bled, a vila turística mundialmente conhecida. Oferece as mais variadas possibilidades para todo tipo de recreio e é com a sala de congressos, casinos e campos de golfe um verdadeiro paraíso turístico. Bohinj é o local de onde se podem fazer muitos passeios alpinos, e Bohinjska Bistrica, outra vila do mesmo vale alpino é como um paraíso para quem ama as actividades aquáticas. Nos arredores encontram-se pistas de esqui, pistas para corredores-esqui e também todas as possibilidades para as actividades de ciclismo de montanha, para os que praticam asa-delta, para os alpinistas e todos os amantes de desportos aventura. Kranjska Gora é muito atraente, sobretudo no Verão pela oferta de todo tipo de recreio e desportos em contacto com a Natureza. No Inverno pelas pistas de todas as modalidades de esqui. Em Planica a dois passos de Kranjska Gora, todos os anos organizam competições de saltos em esqui onde participam os melhores saltadores do mundo. Os locais no vale de Soča, o rio cor de esmeralda, Bovec, Kobarid e Tolmin são sítios propícios tanto para os turistas que procuram sossego e tranquilidade como para quem quer experimentar desportos aventura e radicais. Neste lugar vão encontrar numerosos desportos aquáticos. Não percam a possibilidade de conhecer o vale com um pára-quedas, uma asa-delta ou uma bicicleta de montanha. 

 

MEDITERRÂNEO VERDE
A costa eslovena mede 46,6 quilómetros. As cidades de Piran, Izola e Koper que ficam mesmo na costa são muito convidativas pela a sua imagem medieval. Koper é famoso pelo seu núcleo histórico que consta como uma das mais pitorescas zonas da parte norte da península da Ístria. Izola é uma cidade costeira com uma rica tradição piscatória. Também é uma cidade turística com a maioria dos hotéis, restaurantes e piscinas concentrados na parte sul, num complexo turístico ao longo da baía de Simon. Piran é um antigo porto esloveno e protegido na sua totalidade como monumento histórico e cultural. Conservou o seu desenho de ruas estreitas e casas pertinhas que gradualmente ascendem da linha costeira e conferem à cidade e ao seu ambiente um carácter típicamente mediterrânico. A tradição turística mais longa tem a cidade de Portorož, dotada de hotéis confortáveis com complexos de piscinas modernas, uma oferta culinária mais variada, uma oferta de acontecimentos culturais e de lazer e que é ao mesmo tempo um centro de congressos muito popular.



KRAS MISTERIOSO
Devido aos efeitos do calcário e da água, o Kras, o Carso, a região calcária eslovena, tem duas caras, uma sobre a superfície da terra e outra por debaixo dela. O calcário e a água na superfície terrestre criam buracos cársicos, cavam »škraplje«, nascentes de água, »udornine«, fossos e »polja« (o polje de Planina, o polje de Cerknica), por debaixo da superfície ou seja no mundo subterrâneo, extendem-se os numerosos abismos e as misteriosas grutas cársicas. Corre como certo que o Kras esloveno é o mais bonito pedaço do mundo subterrâneo do nosso planeta. Na Eslovénia encontram-se mais do que mil grutas e abismos cársicos, para os turístas estão abertos vinte tesouros de obras-primas cálcarias, criadas pelas águas que desaparecem da superfície terrestre e emergem noutra parte da paisagem. As grutas mais visitadas são a Gruta de Postojna, as Grutas de Škocjan que se encontram desde o ano 1986 na lista do Património Mundial da organização UNESCO, a Gruta de Pivka e a Gruta de Črna jama, Gruta Križna e Vilenica etc. O Kras esloveno é também a pátria de nobres cavalos, chamados lipicanci. Lipica é a vila onde existe já há quatro séculos uma famosa Quinta de cavalos que é notória como berço desta raça de cavalos. A vila de Lipica é hoje em dia um centro turístico e de recreio com uma escola de equitação, muito famosa também por ser palco internacional das tradicionais competições de equitação desportiva. 

 

LJUBLJANA ANIMADA
Ljubljana tem cerca de 276.000 habitantes. Dizem que a capital da Eslovénia que é feita à medida de homem. Embora seja uma das cidades europeias de tamanho médio, ainda preserva a amabilidade da pequena vila, contudo, pode oferecer tudo o que têm as grandes metrópoles. É uma das cidades onde se cruzavam e encontravam as culturas de Leste e de Oeste, uma das razões porque o antigo se entrelaça de uma maneira harmónica e em sintonia perfeita com o novo. É uma cidade de cultura, é casa de numerosos teatros, museus e galerias. Ljubljana também é conhecida como cidade duma das mais antigas filarmónicas, o seja, uma da mais antigas sociedades musicais do mundo. É a cidade de concertos e dos mais variados acontecimentos culturais. É ao mesmo tempo cidade universitária e científica e também cidade de muitos encontros do mundo dos negócios. Também é cidade onde no Verão há esplanadas e cafés agradáveis nas ribeiras do rio Ljubljanica e nas praças do antigo centro histórico. Devido à posição geográfica favorável também é ponto de partida para os passeios de descoberta das diferentes e muito belas caras da Eslovénia. 

 

POHORJE SORRIDENTE
No vasto território dos 1000 quilómetros quadrados da serra de Pohorje coberta pelos bosques e florestas desenvolveram-se em algumas partes centros de esqui (Areh, Rogla, Kope), noutras partes há numerosos caminhos de serra, destinados aos caminhantes, amantes do ciclismo e da equitação. Pohorje é um lugar turístico muito atractivo também para adeptos de pára-quedismo, asa-delta e balonismo e sobretudo para quem aproveita a visita à serra para descobrir as belezas da floresta–virgem e das águas cristalinas.
Maribor com um pouco menos de 115.000 habitantes é o segundo centro urbano mais importante da Eslovénia. É a cidade com a mais antiga vinha do mundo que floresce já há mais de quatro séculos no núcleo histórico da cidade, na ribeira do rio Drava. Nas ribeiras do Drava também há o pitoresco, imaginoso e movimentado Lent, muito conhecido pelo internacional e multicultural Festival Lent. A cidade está cercada pelas vinhas que ocupam uma impressionante extensão de terreno nas encostas das colinas de Maribor e que são referênciadas, em mais de 50 quilómetros nas rotas do vinho eslovenas. Ao longo destas rotas encontramos adegas e quintas turísticas. Maribor oferece também lugares para a organização de congressos, sobretudo no hotel Habakuk, que tem vindo a tornar-se um centro de congressos cada vez mais importante.
Rodziny, ludzie biznesu i preferujący aktywny wypoczynek, znajdą w Słowenii wiele atrakcji. Miłośnicy pieszych wycieczek mogą upajać się ciszą gór. Alpiniści, narciarze, kolarze, kajakarze, amatorzy łodzi, wędkarze, myśliwi, golfiści, miłośnicy jeździectwa i inni, mogą oddawać się swoim pasjom w różnorodnej scenerii. 

 
X

Cookies

The website uses cookies to improve user experience. By visiting and using the website, you agree with cookies.
I agree
Read more